Máira Volpato

Crio Design Gráfico

Máira Volpato

Arquiteta e Urbanista por Formação (2020/1) e Design Gráfica por oportunidade. Tenho o maior amor por música do sul do mundo, e o sotaque mais carregado também.
Tenho 25 anos e a 9 trabalho com diagramação e manipulação de imagens que trasnladam um pensamento em ideia, e uma ideia em projeto!

Minha Missão é tratar cada projeto como a realização de um sonho, com ética e resteito pelas pessoas e pela arte.

  • Lages, Santa Catarina, BR
  • DM @arqmairavolpato
  • arqmairavolpato@gmail.com
  • www.mairavolpato.com.br
Me

Competências

Aprendi muito enquanto trabalhava durante os anos, no entanto, estou sempre em busca de conhecimento para alcançar melhores resultados no desenvolvimento do seu sonho.

Design Gráfico 90%
Diagramação de Arquitetura 80%
Mídias Sociais 50%
Marketing 40%

Diagramação

Diagramação de pranchas arquitetônicas, tanto apresentações digitais quanto impressas.

Planners Personalizados

Especializada no desenvolvimento de planners para impressão, unindo as necessidades do usuário ao seu gosto pessoal.

Mídias Digitais

Desenvolvimento de conteúdo para manutenção de redes sociais, banners, posts, campanhas, anúncios, entre outros.

Impressos

Criação de material para impressão, folders, cardápios, cartões de visita, catálogos dentre outros.

Identidade Visual

Desenvolvimento da sua marca para melhor posicionamento perante o seu mercado consumidor.

E Mais

Outros projetos que podem ter soluções com design gráfico como camisetas, calendários, convites, etiquetas etc.

0
Projetos Arquitetônicos
0
Logomarcas
0
copos de café
0
Projetos atuais
  • " Kal passa por maus bocados" Diz André Fantin Referente ao seu novo Livro.

    " Kal passa por maus bocados" Diz André Fantin Referente ao seu novo Livro.

    Em uma entrevista comigo no ultimo domingo dia 21 de Agosto de 2011, o autor de Kal foster e o Livro de Merlin, André Fantin, conta sobre vida e obra, e projetos para o Futuro!


    Máira Volpato- Em que ambiente costuma escrever?e sob que condições?
    André Fantin- Gosto de escrever à noite e de madrugada, sozinho, no meu quarto e ouvido música.

    Algum autor, ou pessoa, influencia seu modo de escrever?
    A própria Rowling tem uma narrativa que sempre me envolveu muito, acho que posso dizer que aprendi a escrever com ela, mas recebi muita influência de todos os autores que li, como Dennis Lehane, Dan Brown, Christopher Paolini e Jeff Lindsay.

    Como é escrever um livro em um país como o Brasil, onde as obras são geralmente conhecidas por caírem somente no vestibular? É realmente um desafio. Essa questão de livros para vestibular realmente é um carma! Sempre fui contra e mesmo tendo passado desta fase continuo sendo. A gente tem que ler porque gosta, não porque é obrigado. Ler Grande Sertão Veredas ou O Guarani no ensino médio não me parece muito “justo”. As obras devem ser sim apresentadas aos alunos, mas como opções. Teríamos mais leitores no Brasil se começássemos lendo histórias “mais leves”, como o próprio Kal Foster. A pessoa tem que primeiro gostar de ler para depois conseguir ler obras mais pesados.

    Qual seu autor, Brasileiro, e ou Estrangeiro preferido?
    Dos autores nacionais eu gosto muito de Machado e Aloísio. Para ser sincero, não conheço muito bem as obras dos autores contemporâneos. Autor estrangeiro, no momento, estou preferindo Jeff Lindsay.

    Você comemora o dia nacional do livro? De que forma?Ano passado troquei o meu avatar do Twitter durante toda a semana do Dia Nacional do Livro para a foto de autores nacionais.

    Qual a motivação inicial para Kal Foster e o Livro de Merlin?
    Bem, com treze ou quatorze anos eu comecei a desenvolver um jogo em um programa chamado RPGMaker, na época o nome do jogo era André e o Livro de Merlin, rs. Anos mais tarde, ajudei o meu primo Raphael a escrever uma história para a professora dele, depois que terminei, quis escrever a minha própria narrativa, então dei um up na história do meu jogo. Na mesma época eu comecei estudar a Wicca e quanto mais estudava, mais me interessava em escrever sobre bruxaria. 

    O que significa sua obra pra você?
    Significa muita coisa. Mas o principal foi a minha realização pessoal. Escrever um livro não é trabalho simples e como eu sou redator, significou muito para o meu trabalho.

    Há, no livro, algo da sua própria vida?
    Bastante! Diluí em alguns personagens características minhas e muitos deles reúnem características dos meus amigos. Algumas coisas pelas quais o Kal passa durante a história, eu já passei também, isso me ajudou na hora de escrever
    Existe alguma característica sua nos personagens? 
    Não tem só um personagem com minhas características. Têm vários. Tem um pouco de mim no empenho do Damon, nas respostas malcriadas do Kal, na paciência do Cacius e até no sadismo do Kricolas. 

    Avalon fica em meio a floresta amazonica, algum motivo especial para isso?
    A professora de Geomagia explica um pouco sobre isso.

    Se pudesse escolher algum feitiço do livro para possuir, qual seria? Por que?
    Deixa eu pensar,vou consultar a lista de feitiços,Acho que eu fico com o Sendart iria economizar em torpedos.

    Que personagem de ficção gostaria de ser na vida real?
    Gostaria de ser o próprio Kal.

    Sobre Kal Foster e Harry Potter, você não tem medo que venha a existir uma comparação sobre ambas as obras?Já existem, mas isso não me assusta. Não existe só uma história sobre vampiros e lobisomens, porque só pode ter uma sobre um bruxo que estuda?

    Quais são as suas ambições a curto e a longo prazo?
    A curto prazo finalmente lançar o livro e poder vender para o Brasil todo. A longo prazo, escrever os outros três livros que restam da história e poder viver disso.

    Como você se sentiria, se as pessoas que leem seu livro, criarem paginas para ele na internet?
    Muito feliz. É uma sensação de trabalho realizado e de que estou fazendo uma coisa que as pessoas gostam, que meu livro fez alguma diferença para elas. Ser querido é sempre bom.

    Poderia nos adiantar alguma coisa sobre o próximo projeto?
    Vamos ver o Kal passa por maus bocados, péssimos por sinal, e reviver alguns dramas.

    THAT'S ALL FOLKS, Espero que tenham curtido a entrevista, como eu curti faze-la! Beijos e muito obrigada ao André. Sucesso!

    Clique para saber mais sobre André Fantin e Suas obras.

  • Autor: André Fantin

    Autor: André Fantin

    Como Dito em um post anterior, Farei Resenhas sobre autores que eu gosto e os livros que os mesmos escreveram.Vou começar com o que eu imagino ser o único Brasileiro da minha pré lista, o autor de Kal Foster, André Fantin.

    Estudante e redator publicitário, André Fantin nasceu no Dia Nacional do Livro Infantil, 18/04, em 1988. Após o falecimento de sua mãe, passou a morar com o pai, a irmã e os avós em sua cidade natal, Linhares - Espírito Santo, onde viveu até os 09 anos. 

    Após isso, mudou-se para a cidade vizinha, Aracruz, onde escreveu suas primeiras histórias e concluiu o ensino fundamental. Em 2004, retornou a Linhares e um ano mais tarde começou a escrever as primeiras linhas de seu primeiro romance, Kal Foster e o Livro de Merlin. Com a ajuda de seu primo, Raphael de Almeida Gonçalves, planejou os dezoito capítulos da obra e suas sucessões. Enquanto escrevia o livro, Fantin cursava o terceiro ano do ensino médio e trabalhava na redação de um jornal local como diagramador. Em 2006 concluiu a obra passou a editá-la, serviço que terminou seis meses mais tarde. Em 2007 ingressou no curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Espírito Santo, logo depois de ter escrito a segunda obra do romance-aventura: Kal Foster e o Mestre das Sombras.

    Atualmente, André Fantin reside em Vitória, capital do Espírito Santo, estuda na Ufes e sócio da Smart Eventos.

  • Música: Trilha de Se ela dança eu danço 3

    Música: Trilha de Se ela dança eu danço 3

    Bom, a dica de hoje, junta muita música, essa é a trilha sonora do Filme Se ela dança eu danço 3, e na minha opinião é uma das mais boas até agora, pra quem dança.Curtam!

    1. Club Can’t Handle Me – Flo Rida (Feat. David Guetta)
    2. My Own Step – Roscoe Dash & T-Pain (Feat. Fabo)
    3. This Instant – Sofia Fresh (Feat. T-Pain)
    4. Already Taken – Trey Songz
    5. This Girl – Laza
    6. Fancy Footwork – Chromeo
    7. Beggin’ – MadCon
    8. Up – Jessie McCartney
    9. Bust Your Windows – Jazmine Sullivan
    10. I Can Be A Freak – Estelle
    11. Whatchadoin’ – NASA
    12. Tear Da Roof Off – Busta Rhymes
    13. Move If You Wanna – Mims
    14. Shawty Got Moves – Get Cool
    15. Irresistible – Wisin y Yandel
    16. Let Me C It – Get Cool (Feat. Petey Pablo)
  • Música: Maddi Jane

    Música: Maddi Jane

    Maddi Jane é uma garotinha de 12 anos que com talendo e uma ajuda da internet (viroumodinha) ganhou sucesso com um vídeo que já tem mais de três milhões de acessos (esse aqui). Já tinha me deparado com o rosto dela alguma vezes, mas nunca ouvido pra confirmar se ela realmente era o fenômeno todo que andavam dizendo.

    Até que meu querido amigo @mzaardo mandou eu ouvir, dai né eu fui. A partir do momento que ouvi as primeiras notas, não pude deixar de ficar surpresa, a voz da Maddi é absurda mente linda.

    Ela ficou no 21º lugar da parada da Billboard para artistas iniciantes, baseados em acessos de sites como My Space e Facebook. E Suas preferidas são canções de amor com letras bem românticas.No site da Maddi, da pra ouvir algumas músicas e ver alguns videos. 

    Tem gente que diz que a voz dela é parecida com a da Demi, particularmente eu acho besteira. ela tem uma voz muito boa sim, mas a da Demi é de um tom meio único. 

    Escute os covers de Mine - Taylor swift, Just the way you are - Bruno Mars e Rolling in the deep da Adele :D
  • VALORES

    Apresento pacotes inicias de valores dos meus serviços, sempre atualizados e sem distinção do tamanho do projeto ou do cliente.

    LOCAL

    Lages, Santa Catarina.

    EMAIL

    arqmairavolpato@gmail.com

    Dm's

    @arqmairavolpato

    TWITTER

    @maayvolpato